21 de dez de 2016

Tinha muito medo de fazer a bariátrica pois ouvia as outras pessoas

Depoimento de Ceiça Barbosa, paciente de Aracaju/SE






















Meu nome é Maria da Conceição Barbosa Santos conhecida como Ceiça. Sou da cidade de Nossa Senhora do Socorro em Aracaju/SE.
Tenho 43 anos, 2 filhos e sou casada há 25 anos. Fiz a Bariátrica 1 ano e 5 meses, precisamente no dia 08/07/2015, no Hospital Tereza Lisieux, em Salvador, com Dr. Carlos Mello e sua equipe. Pesando 123.5 kg e 1,62 de altura.
Alcancei esse peso durante a minha vida de sedentarismo onde até os meus 21 anos pesava 51 kg. Antes da cirurgia tive depressão, sofria de hipertensão arterial, colesterol altíssimo, início de diabetes. Dores na coluna, artrose, o famoso bico de papagaio… sofria muito, não podia andar muito devido o sobrepeso.
Como dona de casa sofria muito por não poder fazer nada. Era uma pessoa muito triste sem ânimo, tinha vergonha de mim por ser gorda, vergonha do meu esposo por chegar a esse sobrepeso.
Eu não me aceitava, não me olhava no espelho, não me trocava na frente de ninguém, não passava na catraca do ônibus, não frequentava certos lugares por medo de ser observada por pessoas, que muitas das vezes, zombavam de mim. Eu era motivo de riso, principalmente, quando tinha que sentar em cadeira de plástico, porque tinha que colocar reforço.
Muitas vezes, os vendedores avisavam, antes que eu entrasse na loja, aqui não tem seu número. Eram muitos constrangimentos, um verdadeiro sofrimento. Eu usava tamanho XGG ou 56.
Tinha muito medo de fazer a bariátrica pois ouvia as outras pessoas. Então resolvi ouvir profissionais, ter acompanhamento com médicos especialistas, como psicológico, nutricionista, endocrinologista... Daí então por 2 anos acompanhada por especialistas resolvi operar.
Hoje estou com 1 ano e 5 meses, pesando 69 kg, e muito feliz. Não sinto mais nada, hoje tenho uma vida saudável, pratico exercícios físicos todos os dias e sou feliz no meu casamento e no trabalho. Frequento lugares que não frequentava, posso sentar em qualquer cadeira, hoje posso ir pra onde quiser de ônibus, posso entrar em qualquer loja pois uso tamanho P, número 40.

Hoje, posso dizer: recomendo a cirurgia bariátrica aos que necessitam. Existem pessoas que estão passando o que passei. Hoje sou outra pessoa rejuvenesci alguns anos e tive minha autoestima restaurada. Essa é um pouco da minha história.

19 de dez de 2016

Antes tomava 3 comprimidos de pressão por dia

Depoimento de Cristina Prates, paciente de Salvador/Bahia.























Me operei em 06/11/2015, em Salvador/BA no Hospital Sagrada Família.
Tinha 99 quilos e hoje estou com 56 kg.

Antes da cirurgia tomava 3 comprimidos de pressão por dia, não aguentava subir escadas, artrose nos joelhos, hérnias de disco na lombar, mal conseguia andar.

Hoje, não tomo mais nenhum remédio de pressão, subo minhas escadas normalmente, e olha que são 64 degraus. Tenho ânimo pra tudo, um pique danado. Minha autoestima está lá em cima, tenho vontade de me mostrar para todo mundo. Sou feliz!!



Eu indicaria e índico sim a bariátrica, digo a todo mundo como sou agora outra pessoa, mais feliz e orgulhosa e aconselho a cirurgia para todos que me perguntam.

15 de dez de 2016

Hoje, eu só tenho que agradecer

Depoimento de Vivian Correia, paciente de Salvador/Bahia





























Oi, meu nome é Vivian Correia. Sou paciente da Central da Obesidade, moro em Salvador/Bahia, fiz minha cirurgia em 03.12.2013. Antes pesava 103 kg. Hoje, meu peso atual 72 kg.

A minha vida antes da cirurgia era um pouco complicada, pois eu mesma nunca me aceitei por ser acima do peso, nada para mim era bom, sempre tive vergonha de mim mesma, mas sempre procurei me cuidar, sempre fiz atividades físicas e dietas, só que sem resultados. Nunca tive problemas de saúde devido a minha gordura, mas nunca me aceitei gorda.


Hoje, após a cirurgia bariátrica, me sinto realizada, minha felicidade é infinita, pois foi a melhor escolha que fiz na vida. Não me arrependo de nada, faria tudo de novo se preciso. No inicio, foi difícil sim, pois era tudo novo, tinha que me adaptar a novos costumes e hábitos. Não foi fácil, foram meses de força de vontade e lutas diárias, mas com a certeza de grandes vitórias em minha vida.


Hoje, eu só tenho que agradecer. Primeiramente a Deus, por me permitir nascer novamente, agradeço a minha família, por estar sempre ao meu lado, e também agradeço a toda equipe da Central da Obesidade.
Indico sim a bariátrica. Hoje, vivo mais feliz e cheia de saúde. Claro, sempre vigiando, para não engordar, sempre de olho na alimentação e atividade física.

12 de dez de 2016

Um mundo de descobertas maravilhosas

Depoimento de Sandra Santos, paciente de Maceió































Sou Sandra Santos, paciente da Central da Obesidade de Maceió/AL. Operei de bariátrica no dia 15.10.2013. Operei em Salvador/Bahia, com Dr. Carlos Mello. Eu pesava 108 kg. Hoje, 3 anos e 2 meses depois, meu peso atual é 55 kg. Antes eu usava 54 de tamanho de roupa. Hoje, uso 38/36.
Minha vida antes de operar era com pressão alta o tempo todo, muitas dores no corpo, glicose lá em cima... E hoje estou muito bem, alegre e feliz.
A partir deste dia, nasci para uma nova vida, um mundo de descobertas maravilhosas. Minha vida antes da bariátrica era péssima, só vivia doente e muito deprimida.
Recomendo a cirurgia bariátrica sempre. Tenho três amigas que operaram depois de mim e estão ótimas.

9 de dez de 2016

Me sinto muito feliz

Depoimento de Jaqueline Barbosa, Salvador/Bahia



















Me chamo Jaqueline Barbosa, de Salvador/BA. Me operei no dia 17/08/2015. Tenho 1 ano e 4 meses de operada. Me operei com 110,5 kg e hoje estou com 59 kg.
Sempre fui gordinha, já tinha feito tratamento com medicamentos, mas nunca obtive sucesso. Sempre odiei comprar roupa, nunca dava ou ficava grande demais ou nem entrava. Toda vez chorava bastante, ficava com bastante vergonha quando entrava na loja e pedia uma roupa. Sempre era o tamanho maior que tivesse 54/56, e, às vezes, não cabia no meu corpo.
Sentia muitas dores no joelho por causa do peso, pois tenho artrose nos dois joelhos e derrame no joelho esquerdo que adquiri por causa do peso. Foi quando fui ao ortopedista Dr. Maomé, que ele me indicou Dr. Carlos Augusto, que foi uma benção em minha vida.
Foi aí que tudo começou. Depois que fiz a cirurgia, mudou tudo em minha vida. Minha saúde minha autoestima, minhas dores... me sinto muito feliz, principalmente, quando saiu que compro algo pra mim que vejo entrando no meu corpo com facilidade. Sair do 54/56 para o 42 é um sonho! Me sinto a pessoa mais feliz desse mundo.

Indico e super indico a cirurgia bariátrica pra qualquer pessoa. Agradeço a Deus e a Dr. Maomé por ter me indicado a Dr. Carlos Augusto e por tudo que aconteceu em minha vida depois desses 1 ano e 4 meses de operada.

6 de dez de 2016

Alegria 100%

Depoimento Rejane Santana, Salvador/Bahia


























Operei dia 25/11/2015, no Hospital Teresa de Lisieux, em Salvador/Bahia. Pesava 124,7 kg hoje estou com 83 kg .
Antes de operar, sentia minha autoestima baixa, sentia muita fome à noite, pois os problemas se revertiam em ansiedade e vontade de comer. As roupas não entravam mais, muitas vezes deixava de sair para me esconder das pessoas por vergonha do meu corpo. Principalmente quando olhava meus amigos com corpos lindos e eu parecendo um balão de são João.

Hoje, tenho mais ânimo, principalmente, quando visto roupas que ficavam estourando em mim, até mesmo quando ia em algumas lojas e a vendedora dizia que não tinha roupa para mim. Hoje tenho até demais kkkkk quanto mais o tempo passa vejo que minha silhueta está afinando. Se pudesse sairia todos os dias com roupas diferentes kkkkkk Alegria 100%! Quando vejo alguém com o mesmo corpo que eu tinha ou até mais e falo logo da bariátrica como mudou minha vida, indico a qualquer pessoa.

2 de dez de 2016

A minha vida mudou muito

Depoimento de Daniela Santos Silva (Aracaju/SE)
















Fiz a cirurgia no dia 28/10/2015. Me operei em Salvador/Bahia, mas moro em Aracaju /SE. Pesava 113 kg antes de operar e, hoje, estou com 63 kg.


Eu estava com vários problemas de saúde e tomava vários remédios para pressão, diabetes, colesterol e outros e sentia muita dor na minha coluna por causa do excesso de peso. Foi aí que meu endocrinologista me encaminhou para fazer a cirurgia bariátrica.

Depois que eu fiz a cirurgia, a minha vida mudou muito, principalmente, a minha autoestima. Hoje faço academia, tenho mais deposição, não preciso tomar os remédios que eu tomava, que eram de vários tipos. Primeiramente agradeço a Deus e ao apoio do meu marido e da minha filha deu tudo certo. Deus colocou no meu caminho Dr. Carlos Augusto Bastos e toda a sua equipe da Central da obesidade: psicólogos, nutricionistas, entre outros. E também ao meu endocrinologista. Dr. Pedro Machado Neto. Hoje só tenho a agradecer a todos pela nova vida. Eu indico sim a cirurgia bariátrica!