25 de jun de 2016

Você não sabe o quanto eu caminhei

Depoimento de Emanuelly Tigre, paciente de Maceió/AL

































“Você não sabe o quanto eu caminhei
Pra chegar até aqui

Percorri milhas e milhas antes de dormir

Eu não cochilei
Os mais belos montes escalei
Nas noites escuras de frio chorei”. (Letra da música da banda Cidade Negra)


Operei dia 20/01/2015, em Salvador/Bahia. Eu pesava 145 kg e minha vida antes de operar não era nada fácil.

Eu vivia cansada, inchada, sem disposição para nada. Tinha insônia e vergonha de sair para lugares por conta da minha obesidade.

Mas, graças a Deus, hoje sou outra pessoa, com outra cabeça e outro peso também. Sei que ainda falta muito, mas com fé em Deus eu chego lá.

Uma das decisões mais corajosas que podemos tomar na vida é a de sermos felizes! Muitas vezes, é dos piores finais que vêm os melhores recomeços. Quando você achar que não é mais capaz de seguir caminhando, coloque-se de pé e siga em frente. 


Só DEUS sabe cada lagrima derramada, cada sorriso forçado, enfim.... não foi fácil mas #‎euconsegui! Muitos falam; Ah, todo mundo emagrece com a cirurgia e tal. Mas eu vou te falar uma coisa: não é fácil, viu?



Não fiz pelos outros! Fiz por mim. Estava morrendo e não me dava conta do quanto estava (grande) rsrsrs. Hoje, 1 ano e 5 meses depois, meu peso é 85 kg. Já foram 65 quilos eliminados.


Agradeço aos meus familiares, amigos, colegas e pessoas que nem me conheciam mas ficaram em oração pela minha vitória!


É, confesso que as boas energias e orações foram muito importantes para esse acontecimento. Essa vitória não seria possível sem todo carinho, paciência, dedicação e todo amor da minha #‎rainha Mãe, te amo, obrigada por tudo!


Agradeço também a Dr. Carlos Augusto (anjo sem asas), obrigada por ser um instrumento de DEUS e dar uma nova chance para recomeçar.

Tudo mudou, minha vida mudou radicalmente para melhor. Hoje eu vivo antes não vivia.

Indico sim a bariátrica. Até tenho amigos obesos que eu converso e indico. Apesar dos riscos que toda cirurgia tem vale a pena. O segredo é ter uma cabeça preparada e focar no objetivo, além de seguir os passos dos profissionais da equipe, não faltar às consultas.


21 de jun de 2016

Tenho vontade de viver

Depoimento de Aninha Gurgel, paciente de Fortaleza/CE







































Oi, meu nome é Ana Maria Gurgel. Tenho 34 anos e moro em Fortaleza/Ceará.
Fiz a cirurgia bariátrica dia 11.12.15. Estava com 105 kg. Hoje, 6 meses depois, meu peso é 75 kg.
Minha vida antes da bariátrica era só dormir, não tinha ânimo para nada, nenhuma roupa servia. Era muito mau humor.
Dia 11.12.15, minha vida mudou para melhor!

Hoje, tenho vontade de viver, sair me divertir! Ficar gordo não é saudável. Hoje, todos me elogiam me dão força. Minha qualidade de vida mudou para melhor.

Todo mundo que precisar fazer: FAÇA a Bariátrica. É maravilhoso. Hoje sou muito feliz.
Sem contar que as roupas que não serviam mais hoje já servem.


Obrigada, a Central da Obesidade, por me dar esta oportunidade de dizer o quanto estou feliz

18 de jun de 2016

Estou super tranquila e feliz

Depoimento de Suele Queiroz, paciente da Central Salvador/Bahia









(durante. com o médico Dr. Bruno Viana, da Central)



(antes)



(antes)



(antes)


(antes)

(antes)

(antes)




















(antes)



Operei dia 24/11/15, há exatamente 7 meses de cirurgia bariátrica.

Antes de operar pesava 90 kg com 1,48 de altura. Mas hoje, graças a Deus, peso 65 kg.
Minha vida era uma vida cansativa, com dores nos joelho e no pé. Eu não conseguia abaixar para pegar algo no chão nem cortar a unha do pé. Caminhava poucos metros e já estava ofegante, tinha que parar.
Hoje, só com 7 meses de operada, sinto a diferença que nunca imaginaria. Foi uma experiência incrível, pois já tinha tentado todos os tipos de dietas e os resultados sempre eram frustrantes. E com tão pouco tempo estou super feliz. Não foi fácil o pós-operatório mas eu faria tudo de novo.
Indico a todos que precisam, mesmo aqueles que são contra, fazerem a bariátrica. Eu sou exemplo de que a bariátrica é uma das alternativas para uma mudança de vida com saúde.


Eu ainda não alcancei meu objetivo. Estou super tranquila e feliz.

14 de jun de 2016

O que eu conquistei até hoje também foi por vocês

Depoimento de Carla Povóas, paciente de Maceió/AL





(antes)



(atual)



(atual)



(atual)




(atual)




(atual)




(Última da esquerda)




(antes e durante)



(antes e durante)



(atual)



(atual)



(atual)


E como não agradecer a Deus todos os dias? Como diz a Mariana Vargas foi um milagre. Milagre esse que só eu sei como é bom colher frutos dele. Milagre esse que sempre pensei positivo e cheguei até hoje bem. Fácil não foi e não é. Difícil nunca achei.

Talvez seja desafiador, tenha desânimo uns dias, outros são encorajadores, mas nunca arrependida.

Arrependida estaria eu se não tivesse ido. Se não tivesse enfrentado. Se não tivesse fé.

Está aí o resultado de 1 ano e 4 meses de cirurgia (operei 05.02.2015) feita por um único objetivo: saúde. Pesava 147 kg antes de operar e agora 80  quilos.

Não pensei em beleza, pelanca, ficar gostosona.
Ainda bem que Deus está sendo generoso e lapidando tudo no lugar. Pensei que estaria bem comigo mesmo, com minha família, meus pais, filhos, esposo.

Fui e voltei e ainda estou com esse pensamento. O resultado são para vocês, a vitória foi para vocês. O que Eu conquistei até hoje também foi por vocês.


Obrigada a todos pelos elogios e incentivos.

7 de jun de 2016

O que mais mudou com a Bariátrica? Tudo!

Depoimento de Kercya Queiroz, paciente de Fortaleza/CE
















































Há 1 ano e 5 meses atrás eu estava nascendo de novo, foram muitos exames, consultas, laudos, até o tão sonhado dia da cirurgia. Hoje, com 42,300 kg a menos, quero dizer: Muito obrigada, Senhor, pela graça que recebi, não é exagero, pois realmente foi uma graça, um pós-operatório sem sentir uma dor. Obrigada, Senhor, por todo apoio da minha família, por todos os médicos, todos os meus amigos. Feliz, Grata, Saudável, Autoestima a 1000.

Operei 30/01/2015, sou paciente da Central de Fortaleza/CE. Antes estava com 101,2 kg, e, hoje, com 60 kg.

Quando me tornei obesa, passei a ser uma pessoa triste, autoestima baixíssima, não tinha vontade para nada.

O que mais mudou com a Bariátrica??? Tudo!!! Como já falei, nasci de novo, principalmente o meu amor próprio. Eu não posso ver uma pessoa obesa que pergunto se ela conhece a cirurgia e porque não faz, mostro minhas fotos, falo da minha experiência...