3 de set de 2015

Servindo de inspiração

Depoimento da operada da Central Salvador: Amanda Melo



(antes)



(durante)



(antes e durante)



(antes e durante)



(durante)



(antes e durante)



(antes e durante)



(antes e durante)



(antes e durante)



(antes e durante)



(antes)




(antes e durante)





Dois anos se passaram e 34 kg eliminados. Eu sei que a luta ainda é grande, mas o resultado graças a Deus, está sendo o melhor pra mim. 

Não operei por estética, isso é só a consequência... Minha saúde hoje é melhor que há dois anos. 

Me sinto mais leve, sem crises de coluna e dores nos joelhos. Este sim era o fruto que desejei colher: mais saúde e qualidade de vida.

Sempre agradeço a Deus por me permitir estar aqui contando a minha luta; aos meus familiares, em especial minha mãe que foi a primeira a saber da sugestão da médica; aos amigos que apoiaram; aos que não apoiaram.

Agradeço ao meu marido Luciano Melo, a minha linda e competente endocrinologista Dra. Sandra Maiana, que, com todo seu carinho e amor, tentou me ajudar no emagrecimento, mas depois de longos três anos me sugeriu a bariátrica. 

Muito obrigada ao querido Dr. Marcelo de Luna, meu especialista em coluna, que me mega apoiou nesta decisão, e tenho certeza que foi a mais acertada (as crises de colunas quase desapareceram). Agradeço a minha competente professora de pilates, Tatiane Casal, que me ajuda a tonificar as “pelancas” (e olha que está conseguindo).

Não posso esquecer da equipe competente da central da Obesidade, a Maísa, a Rita, Normasi, Patrícia Paiva, Patrícia Sobral, Vilma, Aline Paim, a todas as outras pessoas que me ajudaram enquanto era pré-operatório, cheia de dúvidas, e se tornaram novas amigas. 

Enfim... fui em busca de um cirurgião e o destino me apresentou Dr. Carlos Mello. A partir daí começou a peregrinação com consultas, exames, todo aquele trâmite que conhecemos... 

Dia 18 de setembro de 2013 foi o dia D para mim. Acordei mega feliz por que a mudança começaria naquele dia fatídico. Apesar de ter como objetivo a melhoria da qualidade de vida, eu fico extremamente feliz em sair do manequim 52 para o 42. Hoje, posso usar o que gosto, antes tinha que copiar o modelo e mandar fazer. Sair do 110kg para 76,5kg é uma grande vitória, mas a batalha começa agora: manter esse peso.


O melhor de tudo é servir de inspiração para as pessoas, como minhas amigas Carine Matos, Ana Cristina Cardoso e Márcia.

Nenhum comentário: