27 de abr de 2017

A bariátrica é 50% de sua responsabilidade e 50% de sua força de vontade

Depoimento de Kilma Keppler, Maceió/ Alagoas




primeiros meses


primeiros meses




primeiros meses


















atualmente


atualmente


atualmente








Tive um pré-infarto em 2014, devido a correria de duas universidades e um estágio. Decidi cuidar da minha vida e meu pai me presenteou com meu plano de saúde. Iniciei, no fim de 2014, a minha batalha. Endócrino / Nutri / Cardio / Angiologista para saber se tudo estava em ordem. Ok vamos a parte da prática. Iniciei atividade física durante os intervalos de uma faculdade e meu estágio. Correria pois só tinha exatos 40 min diários...
Iniciei, tomei remédios, fiz o meu melhor. Eliminei 21,5 kg, mas as doenças hereditárias me assustaram e perseguiam. Foi quando decidi operar. No dia 25.01.2016 estava eu na mesa de cirurgia. Com a equipe top da Central da Obesidade pesando 98,5 kg.
Hoje, estou bem melhor, graças a Deus, falta muito para bater a meta. Mas já bati a minha particular: ganhar da obesidade grau 3. Hoje, com grau 1, já já em sobrepeso. Mas só tenho a agradecer a Deus e meus médicos Dr. Kattson Sales e Dr. Carlos Mello.
Indico sim a bariátrica. Depois que operei só vivo cozinhando. Já me falaram que isso é marketing para meu médico ganhar pacientes 😂. Mas sempre gostei da cozinha. 
Hoje mudei em tudo.
A qualidade de vida vem se demos a ela a chance de mudar com nossas atitudes. A bariátrica é 50% de sua responsabilidade e 50% de sua força de vontade. Reeduque sua mente para viver o novo, pois o passado já não é o mesmo depois de uns grampos a mais em sua vida. Viva a vida seja grampeado.





Nenhum comentário: