11 de out de 2015

Guerra com a balança


Depoimento de Minnie Araújo, operada da Central (Lauro de Freitas/Bahia)





(antes)




(antes)




(durante)




(durante)




(durante)




(durante)




(durante)


Comecei a minha guerra com a balança desde os 11 anos de idade, quando entrei na puberdade e engordei alguns quilos que me acompanharam por toda a vida. Na escola sofria a pressão dos colegas com brincadeiras e apelidos e, em casa, a cobrança por ser "diferente" e não saber me controlar. Apelei então para as dietas milagrosas, que, acompanhadas de remédios manipulados para perda de peso, me transformavam na pessoa que eu idealizava. 

Consegui várias vezes emagrecer, mas era só parar com os remédios e recuperava tudo novamente e até mais. Minha saúde estava indo para o espaço, minha pressão oscilava, meu triglicérides tinha que ser controlado por remédios, minha coluna e joelhos me impediam de levar uma vida normal. Eu simplesmente me entreguei! 

Em uma consulta com o cardiologista ele me sugeriu a cirurgia bariátrica como uma forma de eu tentar mudar a minha vida. Procurei então informações sobre o assunto e cheguei até a Central da Obesidade. 

No dia 13/08/2014 eu renascia para a vida! Minha cirurgia foi super tranquila, meu pós operatório maravilhoso. Reaprendi a comer e a viver! Hoje, um ano após, recuperei a minha autoestima, minha saúde. Hoje, eu me sinto igual às outras pessoas e não preciso mais me esconder.

Meu nome é CARMEM DOLORES ARAUJO SOUZA. Tenho 1 ano e 1 mês de cirurgia. Antes da cirurgia pesava 98 kg. Hoje, um ano depois, meu peso é de 58 kg. 


Nenhum comentário: